Inscreva-se com seu endereço de e-mail para ser o primeiro a conhecer as novidades.

Harald V – um Rei moderninho que casou por amor

By Posted on 2 m read

Harald V rei da Noruega, quando ainda era príncipe, conheceu em uma festa uma moça chamada Sonja. Ele herdeiro do trono da Noruega, ela uma estudante de corte e costura. O pai dele era ri. O pai dela era vendedor de tecidos.
Nada disso foi impedimento para uma paixão. Amor a primeira vista! Harald dedicou seu amor incondicional a ela. Nunca foi visto com qualquer outra mulher.


Na época, (estamos falando de 1959) um casamento morganático (entre um herdeiro de um trono e uma plebeia), era totalmente fora de questão. A Noruega era uma monarquia recente, que tinha começado em 1905 ao separar-se da Suécia. O rei Olavo V, temia que essa “modernidade” pudesse ameaçar o regime. Embora não haja nenhuma regra oficial sobre o assunto, quando os herdeiros pretendem casar-se, o futuro cônjuge deve ser aprovado pelo parlamento. Uma recusa, ou desaprovação de um nome, pode colocar o rei em posição bastante vulnerável.


Durante 9 anos o rei tentou dissuadir o príncipe da ideia de se casar com Sonja. A tarefa foi totalmente malsucedida. O príncipe foi apresentado a diversas possíveis noivas, mais adequadas ao cargo d futura rainha da Noruega, mas ele continuava apaixonado e se relacionando com Sonja as escondidas.

Ao cabo e ao fim, Harald declarou peremptoriamente: casaria com Sonja ou morreria solteiro! Diante de tamanha resistência, o rei propôs o nome de Sonja ao Parlamento Norueguês. Foi aceito, sob alguma resistência e muita discussão.
Em 1968 os dois se casaram na catedral de Oslo. Ela e ele com 31 anos de idade. Tiveram dois filhos: Martha Luiza e Haakon Magnus. A lei sálica ainda é válida na Noruega e o herdeiro do trono é o filho caçula por ser varão.


Até hoje é comum ver os reis de mãos dadas em eventos públicos e trocando olhares apaixonados. Uma história de amor que inspira qualquer casal que precisa enfrentar barreiras para concretizar seu casamento.

Sobre o Colunista

Fernanda Britto – Costumes, Cerimonial e Protocolo. Trabalhando há mais de 30 anos com receptivo e cerimonial de VIP’s do Oriente médio, Europa e África, especializou-se em histórico de protocolos de casas reais.Consultora de Etiqueta e protocolo de diversas publicações e cerimoniais oficiais.Professora de Etiqueta e comportamento fundamentados em História e Antropologia.Em caso de dúvidas, entre em contato com conteudo@colherdechanoivas.com 

XOXO
signature

Share this article

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Comments Yet.