Inscreva-se com seu endereço de e-mail para ser o primeiro a conhecer as novidades.

MAESTRO, QUAL É A MÚSICA?

música para casamento DJ Galalau

Há poucas semanas, fui convidado pela Manoela para integrar o seleto time de colunistas do Colher de Chá, o blog de casamento criativo. O convite me deixou surpreso, feliz e, ao mesmo tempo, me senti desafiado a tratar de um tema tão delicado e importante para as celebrações: a escolha do DJ e as músicas.

Há 10 anos comecei a discotecar nas festas dos amigos e a profissionalização aconteceu naturalmente sempre à base de muito preparo técnico e também artístico no que tange ao infindável processo de pesquisa e conhecimento musical. Em todo este tempo, participei de incontáveis festas de casamentos e afirmo, seguramente, que esta é uma festa muito particular para o trabalho do DJ.

Encontrar o equilíbrio musical entre o que os noivos desejam, o que eles imaginam que seus convidados gostariam de dançar e as escolhas musicais que o profissional inclui em seu repertório – e que o diferencia dos demais – é uma árdua e delicadíssima tarefa. E é no momento da contratação que as dúvidas e questões aparecem: qual deve ser a canção de entrada dos noivos na pista? Será que é valsa? O que toca no momento auge da festa? O que faz sucesso? Enfim, parodiando o clássico programa das tardes do Silvio Santos: DJ, qual é a música?

A resposta é simples: tudo é possível. A festa, assim como a cerimônia, é um momento de comunhão e, musicalmente falando, não existe uma fórmula do certo ou errado. Aliás, digo sempre nas minhas conversas com os noivos que o ideal é que não exista um padrão. Seja para a entrada dos padrinhos ou a música para o lançamento do bouquet, a música deve estar afinada com a personalidade e desejos do casal. Isto é um dos ingredientes que tornará esta celebração especial e inesquecível tanto para eles como para os convidados.

Desta forma, não acredito muito em listas das dez mais para casamentos que encontramos facilmente numa pesquisa no Google. Penso que estes resumos ajudem aos noivos a entender emocionalmente o que cada momento pede, seja para a troca de alianças ou para a entrada dos pajens e damas. Mas tenho certeza que o segredo é a personalidade dos noivos representada pelas canções escolhidas. E para estes momentos chaves não deve ser o DJ quem deve escolher as músicas. No máximo, pode-se fazer sugestões após uma boa conversa com o casal, seja pessoalmente, por skype ou email.

Mas a inegável importância do trabalho do DJ fica mesmo evidente no decorrer da festa quando, literalmente, o bicho pega! É ali e ao vivo que a experiência, sensibilidade, apuro técnico e criatividade fazem a diferença. E neste momento pleno da sua função como profissional, é que a sincronia com os desejos e pedidos específicos dos noivos se faz fundamental. Quando o DJ é contratado para um casamento acontece o mesmo que carregar a tocha olímpica: responsabilidade e confiança. E estes quesitos devem ser assinalados em negrito pelas duas partes, noivos e DJ, para que todos sejam felizes para sempre enquanto durar a festa!

Esta é ainda a primeira de muitas colunas. Acho que já deixo uma pista de que não vou falar somente sobre música. Quero também aqui dividir boas histórias e algumas curiosidades, chamar a atenção para alguns critérios no momento da contratação do DJ, como evitar armadilhas e surpresas durante a festa, mas sem deixar de lado algumas tendências, novidades e dicas musicais. Até a próxima!

assinatura_galalau_01

Quer saber mais sobre DJ Galalau, acesse aqui

Seja moderninho case por amor
signature

Share this article