Inscreva-se com seu endereço de e-mail para ser o primeiro a conhecer as novidades.

{lua-de-mel} Orlando

Orlando e lua-de-mel. Essa não é a primeira correlação que fazemos ao pensar na cidade da Florida que virou sinônimo de entretenimento no mundo. Ainda assim, Orlando tornou-se uma cidade com tanto para se oferecer (em termos de diversão, compras e até mesmo gastronomia), que muitos casais passaram a escolhê-la como destino para lua-de-mel. Para tornar a viagem ainda mais inesquecível, seguem algumas dicas importantes para os recém casados:

Hotel –  Quando alguém viaja para conhecer Orlando com a família ou amigos, o hotel pode até ser o de menos. Mas, em uma lua-de-mel, este é um dos pontos mais importantes para o casal poder relaxar dos preparativos pré-casório, curtir um ao outro e até mesmo tirar um dia para ficar mais tranquilos, sem a correria dos parques.

Existem alguns hotéis com estilo mais romântico que eu indicaria. Os mais encantadores ficam dentro do complexo Disney, como o Polynesian (que tem um clima de ilha no pacífico sul, serviços de spa e luaus noturnos), o Animal Kingdom Lodge (para quem curte natureza, o hotel fica dentro de uma reserva ecológica e você pode dar bom dia para girafas ao acordar, além dos serviços de spa), Coronado Springs Resort (estilo mexicano, de cara para uma das enormes lagoas de Orlando, climão de romance e também com serviços de spa). Além disso, ao se hospedar nos hotéis da Disney, você ainda tem horas exclusivas para hóspedes nos parques e serviços de entrega de compras direto no quarto, entre outros mimos.

Fora do complexo Disney, minha sugestão é o Loews Royal Pacific Resort, que fica ao lado do Universal Studios. Ele tem um clima mais de praia também, luau, serviços de spa e seis restaurantes, sendo um deles do Emeril Lagasse, um dos chefs mais conceituados americanos.

Dica importante: ao fazer a reserva, informe sempre que está indo em lua-de-mel. Os americanos sempre fazem algum agrado quando sabem da ocasião especial, que pode ir desde uma cesta de frutas com champanhe no quarto até mesmo um jantar a dois.

Parques – Nos parques temáticos (são 5 da Disney e 2 da Universal + Sea World + Busch Gardens) vale a pena falar logo na entrada que estão em honeymoon. Assim como nos hotéis, os visitantes sempre têm direito a algum mimo ou outra graça por parte do parque, veja a foto abaixo. Além disso, vale a pena separar pelo menos uns 2 ou 3 dias para trocar o fast food por um bom restaurante e comer melhor e com mais calma no parque. Algumas sugestões: em Epcot há os restaurantes dos pavilhões, como o do México (San Angel Inn) e do Marrocos, que são ótimas opções para fugir do hambúrguer. Em Hollywood Studios, tente o Brown Derby (que tem um clima Hollywood anos 50) ou no Sci-FI Dine In (que imita um Drive in anos 60) e no Magic Kingdom vá ao novo restaurante Be Our Guest (que abre em meados de novembro, mas já aceita reservas) que é dentro do castelo da Bela e a Fera que foi construído agora. Em Islands of Adventure, há o premiado restaurante Mythos, que já ganhou diversas vezes o titulo de melhor restaurante de parques temáticos.

Compras – Não é porque se está em lua-de-mel que não se pode aproveitar para fazer umas comprinhas, principalmente quando se está muito perto de shoppings e outlets. Os meus preferidos são o Mall at Millenia e o Orlando Premium Outlet da Vineland Avenue (são 2 em Orlando!).

Entretenimento/Gastronomia – além da programação diurna, Orlando oferece alguns programas imperdíveis para casais, como por exemplo, assistir a uma apresentação do Cirque du Soleil (eles têm um show permanente lá chamado La Nouba), visitar o CityWalk e o Downtown Disney (que são centros de entretenimento noturno, com restaurantes, lojas, bares), comer no Brio Tuscan Grille e no Cheesecake Factory, ambos no Mall at Millenia.

Indo para um lugar feliz como Orlando e com essas dicas, é impossível não ter uma lua-de-mel magica!

Se você ama viajar, visite o blog do casalYes, You Can Travel

 

Seja moderninho case por amor
signature

Share this article