Inscreva-se com seu endereço de e-mail para ser o primeiro a conhecer as novidades.

{Lua de mel} Toscana

Hoje vou escrever mais um pouquinho sobre a Itália! Primeiro falei sobre Roma e os encantos de começar a viagem por lá, agora falarei sobre a região da Toscana, uma das maiores da Itália e que tem muita coisa para conhecer! A Toscana tem como capital Florença e possui 10 províncias, entre elas Livorno, Arezzo e Siena.

Para sair de Roma e ir para a Toscana você pode alugar um carro (todas as principais operadoras têm filial em Roma: Hertz, Avis, etc) ou então ir de trem (a principal operadora é a Trenitalia, mas você pode saber mais sobre trens aqui).

De Roma a primeira parada é Siena, que é representada por uma cidade murada super pequena, mas lindinha, que fica no alto de um morro. Siena tem uma praça chamada Piazza del Campo que fica no centro da cidade e vale  apena sentar nem que seja por 5 minutos e apreciar o local (é cenário do filme “Cartas para Julieta”, que eu amo). Lá também tem a catedral, varias lojinhas fofas, o sorvete Grom (delicia) e um mirante que é meio claustrofóbico, mas vale todo o pânico para subir, rsrs, pois consegue-se ver toda a região. Vale lembrar também que Siena é o local de produção dos vinhos Chianti, Brunello di Montalcino, para quem curte vale uma visita.

Depois de Siena, a idéia é subir até Florença, mas antes de chegar lá vale a pena parar em San Gimignano e Pisa. San Gimignano é uma pequena cidade, da época medieval, que possui castelos e um museu histórico bem interessante. Pisa só vale a pena se você quiser ver a famosa torre.

Em Florença, um banho de cultura em forma de cidade. A cidade é uma graça, os museus são incríveis, as catedrais e monumentos históricos muito interessantes e as ruelas, o comércio local e a gastronomia são um convite aos visitantes. Destaco o D’Uomo, a Piazzale Michelangelo, a Galleria Dell’Academia e a Ponte Vecchio. Lá também tem os melhores sorvetes, além da Grom, que falei acima, há também a Gelateria Dei Neri, considerada a melhor de lá. O comércio de rua de lá também é bem bacana, em Florença você faz boas compras de peças de couro e murano.

Há ainda outras cidades nos arredores, dessas que conseguimos visitar em um dia, que vale a pena ir se você tiver tempo: Cortona, Sinalunga, Montepulciano, Arezzo e Livorno.

Se a idéia for visitar vinícolas, além de Chianti e Brunello di Montalcino, há ainda na região a Sassicaia, Vernaccia di San Gimignano, Orvieto Clasico, Morellino di Scansano. Você pode ter mais informações sobre elas aqui.

Um capítulo à parte na Toscana são os hotéis, que são os mais românticos, com serviço incrível e que valem a experiência inesquecível. Um é o Locanda dell’Amorosa (que foi cenário inclusive da novela Passione), é um hotel super charmoso, com atendimento top e cozinha de alto nível. Outro hotel que vale a diária é o Il Borgo di Vescine, composto de chalés super agradáveis e românticos, com cozinha dentro do próprio hotel e um clima de interior super gostoso, fora o excelente custo benefício. Da janela consegue-se ver os ciprestes italianos com a lua ao fundo, lindo demais! O hotel Borgo Santo Pietro é uma indicação de algumas amigas que já ficaram e amaram o estio clássico romântico do local e há ainda o Borgo Scopeto Relais, que fica bem perto de Siena, tem vista e quartos mais modernos, mas super aconhegantes e também foi cenário do filme “Cartas para Julieta” (é o hotel onde eles se hospedam para procurar o famoso “Lorenzo”). Por fim, em Florença o hotel Grand Hotel Cavour fica super bem localizado (5 minutos do D’Uomo), tem serviço de primeira e um terraço com uma vista da cidade que é indescritível!

Uma boa ideia é ficar em um ou no máximo dois hotéis na região e a partir dele partir para visitar as cidadezinhas próximas.

Até a próxima!

Se você ama viajar, visite o blog do casalYes, You Can Travel

Seja moderninho case por amor
signature

Share this article

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Comments Yet.