Inscreva-se com seu endereço de e-mail para ser o primeiro a conhecer as novidades.

{Lua de Mel} Visconde de Mauá

Está pipocando na imprensa a notícia da reforma da estrada que dá acesso a charmosa cidadezinha de Visconde de Mauá, localizada no alto da Serra da Mantiqueira, a noroeste do Estado do Rio. Frequento Mauá desde meus 3 anos de idade, porque sempre ia com meus pais acampar por lá – sim, eles eram bem hippies naquela época e a gente subia aquela estradinha ouvindo Enya e Lorena Mckennitt. Mas o que há 30 anos era um pequeno vilarejo “bicho–grilo”, reduto de esotéricos e mochileiros que desafiavam seus carros naquele chão de terra, hoje se sofisticou muito e virou um dos destinos mais românticos do país. Agora, com a nova estrada, o acesso ficou muito facilitado e é possível fazer o trajeto Rio – Visconde de Mauá em menos de 3 horas.  De São Paulo também é fácílimo chegar (coloquei lá embaixo as dicas de acesso).

Bom, Visconde de Mauá já seria uma das dicas do blog porque foi lá que passei parte da minha lua-de-mel, hospedada na deliciosa pousada TijupáOpção certeira para quem quer curtir o friozinho da cidade a dois: tem suítes com ofurô, cama aquecida, café da manhã de frente para o verde. Aliás, a pousada e o seu café da manhã foram eleitos pelo Guia Quatro Rodas uma das vinte melhores oções do Brasil para ir a dois.

Outra ótima opção é a pousada Warabi. Com cinco chalés distribuídos em um amplo terreno cortado por um rio, a pousada funciona na propriedade (linda) do restaurante japonês de mesmo nome. Sim, comida japonesa de qualidade no alto da serra e chalés em estilo oriental. Para quem vai casar, vale a pena reservar o pacote especial para a noite de núpcias e lua-de-mel, que inclui champagne Veuve Clicquot Ponsardin ou Don Perignon, serviço de vinho e diversos mimos no quarto. Quando estive lá (em 2008), fiquei hospedada no Chalé Especial, com 90 m2 e ofurô dentro de um delicioso jardim de inverno com vista para o rio. Di-vi-no.

Entre as maravilhas que um casal pode explorar junto, recomendo caminhadas a pé e a cavalo pela Vila de Maringá, que reúne os melhores restaurantes e lojinhas de artesanato da região. Imperdível entrar na Casa de Chocolate, uma fábrica de delícias artesanais em uma casinha com jeito de filme. Por falar em chocolate, as casas de chá também merecem visita de casais apaixonados: trufas, diferentes tipos de café e drinques. Se abrir um sol, vale desbravar as cachoeiras que cortam a serra, como as trilhas do Alcantilado, com uma ótima intraestrutura (mas mesmo em dia de sol esta costuma ser uma opção congelante, nao posso mentir, rs).  Para os mais aventureiros, Mauá é uma cidade com grande oferta de esportes ao ar livre, tipo Rapel. Sou medrosa e não faço nada disso. Gosto mesmo é de esticar uma canga na grama e deitar para olhar a copa das árvores ouvindo o barulho do rio. Se tiver um vinho, uns bombons e o amor da sua vida ao lado, existe coisa melhor? Boa lua-de-mel ;)

Reservas: Warabi: (024) 3387 1143 / (024) 9266 1672 / (011) 9768 4904 –  Tijupá 

Para chegar na Região de  Visconde de MauáDe São Paulo – acesso pela Rodovia Presidente Dutra, entre os municípios de Itatiaia e Resende, no Estado do Rio de Janeiro, saída 311 – Penedo/Visconde de Mauá. Do Rio de Janeiro – acesso pela Rodovia Presidente Dutra, entre os municípios de Resende e Itatiaia, no Estado do Rio de Janeiro, saída 311 – Penedo/Visconde de Mauá. Depois de sair da via Dutra, seguir pela RJ163 até Visconde de Mauá –  29 km – pela Estrada Parque Visconde de Mauá – estrada asfaltada. De Minas Gerais – utilize a Rodovia BR 267, que vai de Juiz de Fora a Caxambú.  Entrar na cidade de Liberdade.  A partir daí, siga em direção a Bocaina de Minas, Santo Antônio, Mirantão, e Visconde de Mauá.  Fonte: Portal Visite Visconde de Mauá

Imagens: Tijupá de Ligia Skowronski/ Warabi: Divulgação

Seja moderninho case por amor
signature

Share this article

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comments