Inscreva-se com seu endereço de e-mail para ser o primeiro a conhecer as novidades.

Bernado e Camila em Campinas

Posted on 2 min.

Energia, amor, sorte, adrenalina foram algumas das palavras que Bernardo encontrou para expressar suas emoções no instante depois do sim e do beijo apaixonado em Camila. É comum a muitos casais ter um que tem mais facilidade para descrever suas emoções e sentimentos. Na minha casa vocês que me acompanham nos Stories podem imaginar que sou eu, Manu. No caso dos dois lindos, a celebrante Ilana Reznik garante que é ele e o fotógrafo Rafael Karelisky está de prova. Registrou o testemunho emocionado de Bernardo, naquele momento mágico em que os noivos acabaram de deixar a cerimônia, depois de passar pelos amigos da vida inteira reunidos num só lugar, como na cena de uma série.

“Eu estava com muita adrenalina, era muita energia, e nessa hora baixa um pouco e só agora estou conseguindo realizar o que aconteceu”, descreve Bernardo, no caminho entre o local da cerimônia e o da festa, no espaço Terras de Clara, em Morungaba, estância climática na região de Campinas. “Vale muito à pena você se sente muito abraçado, você passa a entender que a vida tem sentido, tem um propósito e a razão é você”.

A história dos dois começa em Nova York, meio sem querer, depois que Bernardo decide mudar sua passagem de volta para o Brasil por causa da final do Campeonato Brasileiro. Pela primeira vez ele passaria o Natal longe da família e na casa de amigos em comum, na noite do dia 24 de dezembro, os dois se conheceram. Mal sabia ele que ali encontraria o amor de sua vida e o núcleo de uma nova família, que surge quando se casa. “As coisas demoraram um pouquinho pra engrenar, mas em Abril já estávamos apaixonados e não desgrudávamos um do outro”, recorda o noivo.

O pedido de casamento foi, literalmente, saboroso. Durante um jantar no Azurmendi, restaurante três estrelas no Guia Michelin, em Bilbao, na Espanha. Depois de um menu-degustação de 23 pratos, o nervosismo falando alto, chegou a sobremesa que deveria trazer o anel de noivado, mas…  “a joia tombou, se perdeu no granulado de chocolate e quando eu ajoelhei pra pedir a Cami em casamento, ela achou que eu tinha caído da cadeira”, diverte-se Bernardo. “Depois ela viu o anel, entendeu tudo e disse sim!”

Casamento Bernardo e Camila celebrado por Ilana Reznik no blog de casamento colher de chá noivas manoela cesar

“Sim! Nunca decidíamos nada sozinhos. E eu (Bernardo) sou noivo “noiva” mesmo, queria ver tudo, saber tudo, dar palpite em tudo! Entendemos que o casamento é dos dois e esse negócio de ser um sonho só da noiva é um clichê batido! Casamento é um sonho compartilhado!”

PALAVRA DE NOIVO

 

Seja moderninho case por amor
signature

Share this article